Radar

Radar #3 – 14 de outubro a 1 de novembro de 2013

A terceira edição do Radar do Grislab é fruto da observação dos veículos de comunicação pelo período de três semanas: 14 a 18 de outubro; 21 a 25 de outubro e 28 de outubro a 1º de novembro de 2013.

Nesse intervalo, alguns assuntos permaneceram na pauta dos veículos com um destaque que deve ser considerado. Entre eles, estão os desdobramentos e o novos indiciamentos dos acusados pelo desaparecimento de Amarildo na favela da Rocinha, a sanção da lei que institui o Programa Mais Médicos e a divulgação de que o governo norte-americano espiona nações “poderosas”, como Alemanha e França. Nesse período também foram divulgadas notícias de um caso que alcançou ampla repercussão na mídia internacional há alguns anos: o caso da garota Madeleine, que desapareceu no ano de 2007, em Portugal. Novas denúncias surgiram e a polícia portuguesa reabriu as investigações do caso.

Radar #2 – 30 de setembro a 11 de outubro de 2013

Ainda que a virada de setembro para outubro não tenha sido marcada por um acontecimento de grandiosas proporções, o Radar do GrisLab identificou uma mudança significativa nas pautas que ganharam destaque no noticiário brasileiro. No período de 30 de setembro a 4 de outubro e de 7 a 11 de outubro, foi possível observar que notícias relacionadas ao Programa Mais Médicos, aos conflitos na Síria e ao julgamento do Mensalão se tornaram bem menos frequentes e saíram do lugar de destaque em que figuraram até então.

Confirmando a tendência registrada (e esperada) na primeira análise do Radar, assuntos relacionados à política e à economia estão entre os mais importantes na avaliação dos veículos monitorados.

Radar #1 – 16 a 27 de setembro de 2013

As notícias capturadas pelo Radar do Grislab nos períodos de 16 a 20 de setembro e de 23 a 27 de setembro formam um mosaico bastante diverso. Durante esses dez dias de observação do noticiário brasileiro, não houve a eclosão de nenhum acontecimento que tenha alcançado uma repercussão que possa ser comparada à visita do Papa, às manifestações ocorridas em junho ou ao caso da família Pesseghini, que são os assuntos escolhidos pelos pesquisadores para as primeiras análises veiculadas pelo laboratório.

Para subsidiar o trabalho dos pesquisadores, a equipe de apoio do Grislab monitora os principais acontecimentos que estão repercutindo em portais de notícias e revistas do Brasil.

Esse acompanhamento é realizado a partir das manchetes disponibilizadas nas páginas eletrônicas dos seguintes veículos:

- UOL
- Globo.com
- Terra
- R7
- RevistaForum
- CartaCapital
- Veja
- Istoé
- Época

De segunda à sexta-feira, a equipe realiza três acessos diários - manhã, tarde e noite -aos sites destes veículos e coleta a manchete que está em destaque naquele período. Os temas encontrados e os respectivos links dos textos são armazenados numa planilha. A cada mês, a equipe faz um relatório daquilo que o Radar do Grislab capturou no período.