Nosso Radar de Celebridades tem com objetivo identificar e apresentar um grande painel das celebridades de nosso tempo - figuras públicas brasileiras que têm alcançado destaque e adesão junto a públicos significativos.

Conheça a proposta

Taís Araújo

Campo de Exposição: onde Taís Araújo é acessada?

Taís surgiu e se consolidou na cena pública através da televisão, ascendendo de forma significativa na teledramaturgia da Rede Globo. Portanto, o canal de maior reconhecimento da atriz é o meio televisivo, onde atua em novelas, séries e programas, além de tradicionalmente protagonizar comerciais de produtos para cabelos. Seus cachos são emblemáticos e, atualmente, é garota-propaganda da marca L’Oreal (já desempenhou esse papel para outras marcas, como Seda e Elseve).

A atriz também é assídua nas redes sociais. Uma das formas de interação que utiliza com os internautas são postagens engraçadas, como memes, até mesmo aqueles feitos com sua própria imagem.

Sua página oficial no Facebook conta com mais de 4,7 milhões de seguidores.

Já no Instagram, a artista é seguida por 6,2 milhões de internautas.

Sua conta no Twitter é seguida por mais de 1,9 milhão de seguidores.

(Dados coletados em 06/08/18)

 

Acontecimentos: o que tem marcado a aparição pública de Taís Araújo

  • Taís tem estado em evidência na mídia quando se trata de discussões de raça e gênero. A atriz é considerada um dos maiores símbolos de representatividade negra nos meios de comunicação, devido a seus papéis protagonistas em novelas, usualmente compostas por elencos majoritariamente brancos, e ao seu reconhecimento no ramo artístico.

 

  • Em 2017, foi eleita uma das 100 personalidades afrodescendentes mais influentes do mundo com menos de 40 anos pelo Most Influential People of African Descent (MIPAD). Taís e o marido, o ator Lázaro Ramos, foram apontados como o casal mais poderoso do showbizz nacional, em matéria de capa da Revista Veja publicada em março do mesmo ano. Também em 2017, ela foi nomeada Defensora dos Direitos das Mulheres Negras pela ONU Mulheres Brasil, entidade das Nações Unidas para a igualdade de gênero e empoderamento das mulheres.

 

  • Em 2009, na trama Viver a Vida, Taís Araújo interpretou Helena, famosa personagem protagonista nas novelas de Manoel Carlos; a atriz foi a primeira mulher negra a interpretar o papel. Contudo, sua atuação recebeu críticas negativas que a levaram a pensar que aquele seria o fim de sua carreira, conforme ela mesma disse em entrevistas.

 

  • Dois acontecimentos foram destaque no GrisLab: em novembro de 2015, Taís Araújo foi uma das vítimas de ataques racistas pela internet no segundo semestre daquele ano. Em agosto de 2017, foi palestrante no evento TEDx São Paulo, no qual falou sobre a influência do racismo na criação de seus filhos negros. O discurso da atriz virou motivo de críticas e ridicularização na Internet, sendo acusado de vitimismo. As críticas argumentaram que a condição financeira de Taís, bem como sua fama, isentam sua família do racismo (pouco depois, Titi, a filha negra de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, sofre ataques racistas e gera comoção e revolta nacionais).

 

Público e valores evocados por Taís Araújo

A atriz evoca a figura da mulher bem-sucedida, refletindo os valores do sucesso profissional e pessoal – seu trabalho no ramo artístico é amplamente reconhecido e seu casamento com Lázaro Ramos, outro artista bem-sucedido, é visto com bons olhos pela mídia.

Por esses motivos, Taís também evoca o empoderamento negro, uma vez que conquistou espaço no show business nacional, marcadamente racista e que relega pessoas negras a papéis subalternos. A atriz é uma das grandes estrelas do núcleo artístico da Rede Globo.

Devido ao seu sucesso, a artista é usada como token em alguns episódios de racismo na sociedade brasileira – isto é, um exemplo que justifica o discurso da democracia racial e que nega a existência do racismo.

Biografia

Taís Bianca Gama de Araújo Ramos nasceu no dia 25 de novembro de 1978, na cidade do Rio de Janeiro. Filha do economista Ademir de Araújo e da pedagoga Mercedes de Araújo, tem uma irmã mais velha, a médica Cláudia Araújo.

Taís morou até os oito anos de idade no bairro carioca do Méier, passando a adolescência e a juventude na Barra da Tijuca. A boa condição financeira da família permitiu-lhe frequentar boas escolas da capital fluminense. Formou-se em Jornalismo pela universidade Estácio de Sá.

Em 1995, interpretou seu primeiro papel em uma telenovela, Tocaia Grande. No ano seguinte, foi chamada para protagonizar a trama Xica da Silva, na extinta TV Manchete. A novela foi transmitida em outros países, projetando Taís internacionalmente - a atriz foi eleita um dos 50 rostos mais bonitos do mundo pela revista People no ano de 2000. Em 1997, foi contratada pela Rede Globo para atuar na novela Anjo Mau.

Após acumular papéis secundários em novelas da emissora, Taís protagonizou a novela Da Cor do Pecado, em 2004. Depois disso, continuou fazendo personagens de destaque, como a cômica vilã Ellen em Cobras e Lagartos, contracenando com Lázaro Ramos, no papel de Foguinho. Em 2009, viveu a tradicional protagonista Helena das novelas de Manoel Carlos, em Viver a Vida. Em 2012, viveu uma das protagonistas da novela Cheias de Charme com a personagem Penha. A trama alcançou repercussão satisfatória entre a audiência. Depois disso, trabalhou em outros projetos, tais como as séries O Dentista Mascarado (2013) e Mister Brau (2015-2018). Em 2017, foi uma das apresentadoras do programa Saia Justa, no canal GNT.

Em 2011, Taís oficializou sua união com o ator Lázaro Ramos, com quem se relacionava desde 2004. O casal tem dois filhos: João Vicente, nascido em 2011, e Maria Antônia, nascida em 2015.

Atualmente, Taís, juntamente com o marido, estrela o espetáculo O Topo da Montanha em teatros de todo o Brasil, alcançando sucesso de público e críticas. A atriz também apresentará a segunda temporada do programa Popstar, na Globo.