Análise | Religião Violência e Crimes

Em nome do mal: os crimes sexuais de João de Deus

Em 2018, o Brasil e o mundo foram surpreendidos por inúmeras denúncias de crimes sexuais que teriam sido cometidos pelo famoso médium João de Deus. Os relatos se constituíram como um acontecimento que se soma a uma série de outroscom um só objetivo: acabar com o abuso de mulheres.

Créditos: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A cidade de Abadiânia, em Goiás, é conhecida por ser uma das paradas obrigatórias do chamado “turismo espiritual”. Todos os anos, pessoas do Brasil e do exterior visitam o pacato município. O motivo? As cirurgias e curas espirituais realizadas na Casa de Dom Inácio de Loyola, pelo médium João Teixeira de Faria – o João de Deus.

Mas, em dezembro de 2018, a cidade figurou na cena pública por um motivo diferente. Relatos de inúmeras brasileiras e estrangeiras acusavam o médium de violência sexual e ameaças durante as sessões. Até mesmo a filha de João de Deus, Dalva Teixeira, revelou que foi abusada e que chegou a ficar grávida do próprio pai.

A violência sexual é, por si só, uma tipologia de crime capaz de chocar toda uma coletividade seja pela covardia do autor, pela finalidade do ato ou pelas graves marcas físicas e psicológicas deixadas na vítima. Quando o infrator se apropria de uma crença religiosa e de vítimas fragilizadas em busca de cura, o fato parece alcançar um grau ainda maior de perversidade.

Esse acontecimento se soma a uma série de outros que, felizmente, têm tentado tirar das sombras o fantasma do crime sexual contra a mulher. As campanhas “Chega de fiu fiu”, “Meu primeiro assédio”, “ “#MeToo”, entre outras, com certeza preparam o terreno para que as vítimas do médium brasileiro se sentissem encorajadas a denunciar.

Mesmo que o fato tenha causado grande revolta, Quéré (2005) nos lembra que o processo de compreensão de um acontecimento varia em função da experiência vivenciadapelo público afetado. O modo como somos impactados por um evento não é uníssono. Muito menos a resposta que damos a ele.

Por isso mesmo, após as denúncias, movimentos distintos envolveram a figura de João de Deus.  O primeiro, e mais óbvio, foi a imediata repulsa aos abusos, a cobrança pelo esclarecimento dos fatos e o surgimento de novas denúncias após a revelação da dupla vida de João de Deus.

Por outro lado, houve quem duvidasse da veracidade dos relatos. Em Abadiânia, um ato chegou a ser realizado em apoio ao médium preso e pela manutenção da Casa de Dom Inácio de Loyola.

Além disso, o acontecimento “continua a acontecer”, fornecendo mais elementos para a constituição das narrativas públicas. Depois das denúncias de crime sexual, João de Deus já foi associado a casos de garimpos ilegais, posse ilegal de arma e, mais recentemente, ao tráfico internacional de crianças.

Independentemente do que ocorrer com o médium, que está preso desde o dia 16 de dezembro, é salutar perceber tantas iniciativas femininas de denunciarem seus agressores. Nesse sentido, a midiatização dos testemunhos das mulheres foi central para interromper o ciclo criminoso em Abadiânia. Graças a isso, as fiéis que frequentam a Casa de Dom Inácio de Loyola estarão livres, por ora, do homem que conseguiu, utilizando a fé, encarnar muito daquilo que nós conhecemos como significado do mal.

 

Raquel Dornelas

Doutoranda em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

 

 

Referências bibliográficas:

QUÉRÉ, Louis. Entre facto e sentido: a dualidade do acontecimento. Trajectos. Revista de Comunicação, Cultura e Educação, N° 6. Lisboa, ISCTE, Casa das Letras: 2005.



Comentários

  1. sintomas disse:

    La impotencia es común en personas con diabetes. Uso de aparelhos de vácuo que favorecem a ereção e são especialmente aconselhados para homens que não podem fazer o tratamento com remédios.

  2. lee mas disse:

    Hasta hoy era conseguir una erección, masturbarnos un poquito, y parar. También pueden existir un escape en el cuerpo cavernoso que desvía las venas.

  3. propecia disse:

    A dermatologist may begin by asking questions. The dermatologist also will carefully look at your scalp and hair. Alopecia areata does not directly make people sick, nor is it contagious.

  4. tratamiento disse:

    Junto con los problemas de eyaculación, es la causa más frecuente de consulta masculina en nuestro centro de sexología. Esta dificultad recibe distintos nombres: impotencia (un nombre ya en desuso), disfunción eréctil, o problemas de erección.

Comente

Nome
E-Mail
Comentário